segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

RPG


Ooopa, Galera Nerd! Hoje vou falar sobre RPG! Quem não conhece já deve ter ouvido muitaa coisa sobre essa sigla:
- Fisioterapia, jogo do capeta, coisa de nerd, só doido joga, bando de desocupado, Bazuca, etc... (minha mãe achava que eu era satanista só por que eu participo de uma mesa de RPG... Eu acho q ela ainda pensa isso‘-‘).

Mas na verdade pessoal RPG é uma sigla para o termo Role-playing game, que para uma tradução para o português seria algo como jogo de interpretação de personagens, não é uma tradução ao pé da letra, mas é o que realmente é o RPG. Aí você deve pensar “Mas não se joga com um tabuleiro ou coisa do tipo?” Não, RPG nós jogamos com a imaginação, onde criamos nosso próprio Personagem e interpretamos ele de acordo com suas características. É como se fosse um teatro sem roteiro, quer dizer, o roteiro é feito na hora pelo narrador do grupo, o chamado “Mestre”. Calma eu vou explicar melhor esses termos:

> O grupo de RPG é o nome dado a reunião de amigos para jogar ou pode se referir ao grupo de heróis criado por cada player da mesa.    
> O narrador seria o cara que conduz a história dos personagens e media as situações de jogo, para ser o narrador basta ter uma história em mente e uma boa imaginação.

O grupo então é formado pelo mestre e pelos jogadores que criaram personagens e se reúnem para interagir com a história do narrador, o grupo pode ser formado por quantas pessoas quiser, não existe um número certo, só é preciso a vontade de jogar.
Depois de formado o grupo agora vocês escolhem que tipo de cenário ou sistema jogar. O sistema é o conjunto de regras que vai organizar a partida, geralmente se joga com a rolagem de dados para saber se uma ação vai ser bem sucedida ou não e o cenário seria tipo uma “época” em que o jogo é narrado, pode ser um cenário medieval, uma cidade dominada por vampiros ou zumbis e até um universo paralelo que possa ter características de um mundo medieval e contemporâneo, então a partir desses cenários pode-se criar suas regras, mas já tem sistemas prontos como D&D (Dungeons & Dragons), VAMPIRO a Máscara, Gurps, etc. Esses sistemas você pode achar indo em uma loja de livros ou uma biblioteca. Porém se você preferir você pode criar seu próprio RPG basta ter muitaa imaginação.

Eu jogo no sistema Storyteller, que é um sistema muito interpretativo que tem como objetivo a criação de histórias. Os jogadores devem criar suas próprias histórias antes de começar o jogo. Para começar, os jogadores precisam desempenhar ações durante o jogo, essas ações podem ser interpretativas ou pode se realizar testes e esses testes são feitos comparando pontos e dados para ver se tal ação é possível ou não.
Pois é pessoal, hoje eu falei um pouco sobre o básico do RPG, espero que vocês gostem dos meus posts e espalhem para seus amigos para que o nosso Blog possa crescer mais e mais e se não gostou espalhe do mesmo jeito =D. Vlw pela atenção e até a próxima!

Paulo Marrocos, Tanker de plantão

9 comentários:

  1. Mais um excelente post de um dos nossos colaboradores!!! Ficou muito bom mesmo, Paulo! Fiquei até com vontade de jogar agora e você já tinha me chamado para jogar antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk, poisé, RPG é foda demais, quando vc começa a jogar, não consegue mais parar!

      Excluir
  2. Agora estou morrendo de vontade de jogar :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muitoo massa! kk, tenho ctz que se vc jogasse apenas uma sessão, vc ficaria viciada!

      Excluir
  3. Acho que o modo como jogo é o Storyteller mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. só precisa deixar a imaginação te levar kk, é o "segredo" kk

      Excluir
  5. Vixe, super curti. tem um grupo rpg em mossoró no facebook ... =]
    LR

    ResponderExcluir